.

Piadas de Médico.

Durante uma de suas consultas, aquele famoso ginecologista não resistiu à exuberância de uma de suas pacientes e avançou o sinal.
Ao sentir que algo estava errado, a mulher deu um pulo da maca, vestiu-se atabalhoadamente e desembestou porta afora:
- Socorro! Sem Vergonha! Esse cara é um Sem Vergonha!
Estupefatas, na sala de espera, as outras pacientes levantaram os olhos das revistas Veja e Época do ano retrasado e assistiram à mulher sair correndo.
Logo o médico surge na porta e esclarece:
- Desculpem-me do transtorno! Essa mulher sofre de uma terrível síndrome e eu a aconselhei a procurar ajuda psiquiatra. Ela teve um surto e acabou fazendo esse escândalo. Pobre coitada!
Balançou a cabeça e entrou em sua sala novamente.
Logo em seguida, entra a secretária.
- E aí? - pergunta ele. - Acha que fui convincente?
- O discurso foi bom, mas faltou um pequeno detalhe: o senhor se esqueceu de vestir as calças!

No meio da madrugada, toca a campainha do apartamento do médico. Ele se levanta e vê pelo olho mágico a cara de dor do seu vizinho, um rapaz recém-casado.
- Meu Deus, o que foi que aconteceu? - pergunta espantado o magarefe ao abrir a porta.
- Ah, doutor, eu ia com o maior cuidado e, tentando evitar uma criança, saltei fora e... cataprum!!... acho que quebrei o braço!
- Nossa, contra o que você bateu o carro?
- Não, doutor! Eu caí da cama!

O sujeito desabafa no psiquiatra:
— Ai, Doutor... Eu tô ficando louco! Minha mulher é loira, tem 1.70 de altura, olhos verdes... Elá é fantástica!
— Até aí não vejo problema nenhum!
— diagnostica o psiquiatra.
— Calma, Doutor... Deixa eu terminar... Ela tá me deixando maluco porque todas as noites vai no Bar do Pedro e dá o maior mole pra todos os homens! Sai com o primeiro homem que falar com ela! Eu não tô aguentando isso, Doutor! Pelo amor de Deus, o que eu faço?
— Relaxe! — aconselha ele — Respire fundo... E agora, diga pra mim, aonde exatamente fica esse Bar do Pedro?

Um recém-casado vai ao médico, desolado:
— Doutor, antes do casamento minha mulher era um vulcão. Mas agora ficou glacial, nem olha mais pra mim.
— Leve essas pílulas e dissolva uma por noite na comida ou no café e faça ela tomar. Mas tome cuidado que elas são muito fortes. Se a dose for errada pode ser perigoso!
O cara segue à risca a receita do médico, mas não obtém resultado com a mulher. Aumenta um pouco a dose e nada. Aumenta mais um pouco, a mulher continua uma rocha. Desiludido, resolve acabar com a vida da mulher e até com a própria vida. Joga o frasco inteiro das pílulas naquele que seria o último jantar do casal.
Depois de alguns minutos, a mulher começa a se contorcer e diz no ouvido do marido:
— Hum... Tô com tanta vontade de sair com um homem!
E o marido:
— Que coincidência... Eu também!

A madame, em consulta com um cirurgião plástico:
— Doutor, eu gostaria de remoçar uns dez anos!
O médico dá uma examinada superficialmente na senhora e diz:
— Nenhum problema! É só tirar a papada, eliminar os pés de galinha, esticar um pouco o queixo, levantar os lábios, repuxar a pele da maçã do rosto e diminuir um pouquinho o nariz.
— E quanto isso vai custar, doutor?
— Doze mil reais!
— Doze mil? — espanta-se a mulher. — Que absurdo! Não dá pra reduzir esse valor.
— Dá, mas a gente vai ter de diminuir o tempo da cirurgia... Quanto a senhora pretende gastar?
— Uns quinhentos reais!
— Bem, nesse caso, o máximo que eu posso fazer é deixá-la com a cara da semana passada!

Em um hospital público, a professora de medicina dá uma aula prática, examinando uma paciente:
- Alunos, reparem bem nos sintomas aparentes desta moça: olhos inchados, rosto deformado, lábios murchos e sem cor...
- Peraí, Doutora! - interrompe a paciente - A senhora também não é lá essas coisas!

Medicina ao longo do tempo:
5.000 a. C. - Tome, faça um chá com essa planta.
1.000 a. C. - Planta é coisa pagã, tome, faça essa oração.
1.700 d. C. - Reza é superstição. Tome, beba essa poção.
1.920 d. C. - Poção é coisa de índio. Tome esse comprimido.
1.960 d. C. - Esse comprimido está ultrapassado. Tome esse antibiótico.
2.000 d. C. - Esse antibiótico não funciona. Tome, faça um chá com essa planta.

O médico se aproxima do paciente em estado terminal.
- Meu amigo, tenho uma triste noticia para você!
- Qual é doutor?
- O senhor tem apenas 5 minutos de vida!
- Cinco minutos!? - desespera-se o paciente. - Cinco minutos?! E o senhor não pode fazer nada?
- Em cinco minutos? Bem, se você quiser, eu posso fazer um ovo quente!

Ao acordar na mesa de operação de vasectomia, o paciente é informado pelo médico:
- Meu amigo... temos duas notícias para lhe dar...
- Já sei... uma boa e outra ruim... como em todas as piadas!
- Isso mesmo! Qual você quer primeiro?
- Posso pensar?
- Não, atenha-se ao seu script!
- Então me de a boa!
- A sua operação foi um sucesso! Você nunca mais terá filhos!
- Ótimo! E a ruim?
- Nós nos enganamos quanto ao tipo de cirurgia... ao invés da vasectomia, agora o senhor é uma mulher!
- Mulher! Meu Deus! Quer dizer que eu nunca mais vou ter um... você sabe o que, entre as pernas?
- Claro que vai... só que não será o seu!

Aquela paciente chegou na emergência já em trabalho de parto e correram com ela pra sala de cirurgia.Depois da operação, a enfermeira chega com a boa notícia:
-Parabéns,você teve um menino!
E a mãe, ainda meio grogue com a anestesia:
-Que óóótimo...Qual é o nome dele?

Piadas Separadas Por Categorias:

Piadas Ilustradas:

Publicidade: